Área restrita

Procedimento de Chip Ferramenta IAW 1G7

• O que é um chip ferramenta?

Assim como todas as ferramentas que você tem disponível em sua oficina, um chip ferramenta é um dispositivo que você irá inserir na central do cliente, para corrigir alguns erros. No final do procedimento o chip vai retornar para a sua caixa de ferramentas, que poderá ser utilizada em outra central 1G7.

Este procedimento irá remover o imobilizador da central possibilitando um teste em bancada e ainda irá limpar os parâmetros auto adaptativos, corrigindo problemas de marcha lenta do veículo.

• Qual chip devo utilizar?

A central 1G7 utiliza uma memória 27C512 para o arquivo do mapa de injeção, sua localização está na imagem abaixo.

 

Imagem 1 – Localização da memória 27c512.

 

Imagem 2 – 27C512 com janela de programação

Para apagar esta memória você irá precisar de um apagador de eprom.

Apenas a memória da marca Winbond (Imagem 3) é apagável pelo próprio programador de eprom.

 

Imagem 3 – Exemplo 27c512 regravável

• Como é o procedimento de chip ferramenta?

O procedimento é simples. Com uma nova memória 27C512 virgem em mãos, você vai precisar de um gravador de eprom para gravar o arquivo de chip ferramenta. O arquivo encontra-se no clube do reparador, basta pesquisar pelo número 33439. Pesquisando este arquivo no clube você será direcionado diretamente para o arquivo de chip ferramenta. Então basta gravar o chip e seguir para o próximo passo.

 

Agora que já temos o chip ferramenta pronto, basta remover o chip original da central e posicionar o chip ferramenta. Fique atento a marcação de pino 1 tanto da memória quanto do soquete da central.

 

Depois de posicionada a memória, devemos pinar alguns pinos na central. Então vamos precisar do auxílio de um esquema elétrico como mostra a imagem abaixo.

 

 

Imagem 4 – pinagem da central 1G7 (ciclo engenharia).

 

Imagem 5 – Numeração dos pinos do conector da central 1G7

O que preciso pinar na central?

Para o procedimento precisamos pinar, seguindo o esquema elétrico:

• Terra no pino 17.

Linha 30 no pino 35.

Relé da bomba no pino 4.

Relé principal pino 23.

Apenas estes pinos bastam para o procedimento.

Depois de pinada a central deverá ficar alimentada de 2 – 3 minutos. Durante o procedimento a central NÃO funcionará em bancada apenas no final do procedimento.

Finalizado o tempo, basta voltar o chip original da central e continuar a pinagem. O imobilizador será removido e a central atuará os bicos e bobinas em bancada.

Gostou da dica? compartilhe com seus amigos.

Share on facebook
Facebook
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe uma resposta

Open chat